sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Versinho

Cacos e anedotas,
curtos vôos de deslumbramento,
cintilam ao céus em frações de tempo,
chovem admirados no quente cimento.
E então, anedotas e cacos
já encerrados, breves, extatos,
percebem seus atos: sofrimento!

3 comentários:

Lucas Grosso disse...

Laura, querida, depois que você ouvir Dalva de Oliveira cantando "Ave Maria no Morro" sua vida ficara muito melhor!

Procure no You Tube.

Anônimo disse...

why so sad?

Anônimo disse...

Parabéns Laura!

Lucas