segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Quietude

Meu silêncio hoje é triste. É um silêncio de choro velho, de cansaço arrependido, de esperanças mal dormidas, de desejo em tons de cinza.
Hoje meu silêncio é vazio. É uma solidão medrosa, uma conversa sem prosa, uma flor que acabou de dormir.
É um pedido de colo, uma saudade de amor, uma fraquesa escondida.

2 comentários:

Lucas Grosso disse...

Ouça "The Chicken" do Jaco Pastorius! É a melhor solução pra tudo dear.

Anônimo disse...

nao sei como, mas vc passa pro papel mto do q eu ja vivi/senti... parabens..

"o palhaco aqui, sempre fez vc sentir e ver, mas nunca foi o suficiente, alias, nunca eh... e o palhaco fica sozinho, a cortina se fecha e a tristeza inerente ao inventor da alegria aflora... o palhaco chora, mas eh feliz, pois ele fez seu show... ele fez os outros felizes, mesmo que por dentro ele so pense em se matar...."