quarta-feira, 17 de setembro de 2008

14oC de mim.

Ai, esse frio cantante! Um frio de movimento...
Hoje li Saramago, depois viver Saramago. Recordei que precisamos nos humanizar...
Essa cidade, tão cheia, as vezes me faz esquecer que eu trouxe no coração uma alma de verdade.
Nem queria...mas estou me escrevendo, desnuda sou alvo fácil.
Fecharei a porta, sim. São minhas despedidas apenas... sussuros para quem quiser ouvir.

E enfim cantarei... ''hoje eu tenho apenas uma pedra no meu peito, e exijo respeito não sou mais um sonhador, chego a mudar de calçada quando aparece uma flor, e dou risada de um grande amor...''




''...mentira...''

2 comentários:

Whisky Bemol. disse...

Laura, Laura...

Eu gosto daqui do seu blog!

Anônimo disse...

gostou do site...