quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Conhece-te a ti mesmo.

''É melhor ser alegre que ser triste, a alegria é a melhor coisa que existe"

Perco a razão, os sentidos, quando comigo passeam minhas dúvidas de mim. Fico a vagar pelo meu salão de lembranças, procurando uma que possa esclarecer meus medos e receios. Quero encotrá-las para entender esses sentimentos que me tomam no silêncio dos meus momentos. Tomam-me pela mão e torcem minhas toalhas dos olhos de mansinho, quase não dá para ver.
É estranho olhar para o que se foi e ver que as mudanças são fortemente significantes. Ver-se e não reconhecer-se. Uma espécie de não associação do que se tornou para o que se era. Vagar pelas memórias, recuperar algumas raizes de sua própria indentidade, estabelecer sentido entre o que se viveu com as reações pelo que se vive, conhecer-se, respeitar-se. Perco a razão e os sentidos sim, mas a cada transgressão deixo pro passado uma dúvida tortuosa. Vivo mais leve a cada passo, vivo mais eu sem pena de mim.

2 comentários:

Whisky Bemol. disse...

Ah! Uma clara referência as Hárpias e ao Sócrates! :D

Laura! Os dias estão simplemente lotados sem você! =[

-> Leleu <- disse...

Muitas vezes também paro para pensar sobre minhas lembranças penso e penso lembrando do que me aconteceu no passado algumas lembranças me fazem chorar muitas outras me fazem feliz me fazem sorrir.
Algumas me fazem pensar por quem eu vivo pra quem devo minha vida outras me espelham em mim mesmo mas muitas me espelham em pessoas importantes como meus pais e avós que lutaram muito para chegar onde estão hoje.

Rafael Clemente P.E.T C08 Novas Conexões SENAC Francisoco Matarazzo
Professor Agildo