domingo, 19 de outubro de 2008

Desabafo...

Fui assaltada! De novo. E sangra em mim a invasão pela qual fui tomada. Dói minha dignidade, dói minha intimidade, doem meus pés, que muito andaram trabalhando num domingo frio pra ganhar um pouquinho de tudo que me roubaram.
Como olhar para esse transgressor que é meu semelhante e não odiá-lo com todo o meu coração e corpo? Odiá-lo por sua indiferença a mim. Indiferença ao que é meu, ao que eu vivi e ao que eu vivo com medo de sua sombra, uma sombra que se confundiria com a minha...
Minha raiva me consome e eu vacilo entre deixá-la em mim para não me acomodar ou esquecê-la... E esquecer tudo...E ir esquecendo sempre...E viver deixando tudo ser, porque simplesmente é assim, e não muda.
Não quero casar-me com o medo. Não desejo odiar ninguém.
Queria entender quando deixamos que roubassem nossa liberdade. Mas mais ainda, queria saber quando foi que nos tornamos de cera, que nada vemos, nada fazemos e tudo é pura inércia. Quero gritar os desaforos, quero punição, movimento!
Nosso país é pura inércia, é terra de mudos, surdos, cegos e presos, presos em suas próprias casas, com receio uns dos outros. Eu digo basta!

8 comentários:

Vinha tinto rs disse...

Fuinha!!! Como assim?!

Anônimo disse...

O problema da nossa sociedade é tão profundo...Começa quando as pessoas não tem nada a perder...

Whisky Bemol. disse...

Laura!!!

Eu queria escrever sobre isso, afinal o asslato não é o roubo de uma coisa física, mas de de uma alegoria pra tranquilidade (eu acho).

Você foi abalada e isso é ruim sim... Mas olha, pode confiar na cidade sim, viu? Você teve um momento de distração e só isso =]

Pode confiar na cidade e em nós que moramos nela!

Um grande beijo

Flávio/F.O.S... disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Flávio/F.O.S... disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Flávio/F.O.S... disse...

Flávio(Senac São Paulo P.E.T C08)
Nesta cidade onde é muito industralizada existe muitas pessoas que querem passar por cima de nós.Tudo bem que foi um momento de distração, mas a cidade precisa ser mais protegida não é verdade?Isso abala diversas pessoas no país pois nós damos um duro danado pra comprar o que desejamos e ai vem um ''esperto'' e comete um assalto...
Infelizmente é assim mais você pode contar comigo durante os c omentarios.

Fique com DEUS.

Diego de Melo disse...

Assaltos são problemas muito sérios, que chocam todos aqueles que são vitimas, ficam totaumente tralmatizas, existem pessoas prisioneiras em suas propias residencias, por conta de ser ben sucedida ou seja tenham muito dinheiro, moram com grades nas portas e nas janelas cerca eletricas em econdominios fechados.
comentario de Diego de Melo do Senac Francisco Matarazo email: senacpetc08@gamil.com

Diego de Melo disse...

Assaltos são problemas muito sérios, que chocam todos aqueles que são vitimas, ficam totaumente tralmatizas, existem pessoas prisioneiras em suas propias residencias, por conta de ser bem sucedida ou seja tenham muito dinheiro, moram com grades nas portas e nas janelas cerca eletricas em econdominios fechados.
comentario de Diego de Melo do Senac Francisco Matarazzo email: senacpetc08@gmail.com