segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Assovio

Vem de longe o pio. Canta as águas do mar.
De gaivota à passarinho, um telefone sem fio para te encontrar.
É o sopro do ar fininho, o som de um mergulho, uma luz no vento, um coqueiro a dançar.
Vem pra trazer a lembrança, vem pra memória amar.

É o abraço invisível,
É o canto mais bonito que a alma pode escutar.

8 comentários:

Anônimo disse...

watch this...
http://www.youtube.com/watch?v=YA7gpLkQ0WQ&feature=related

Lucas Grosso disse...

Eu gostei desse! Você devia ter escondido-o, pra na hora da publicação, ele ser inédito...

luiza disse...

Eu te admiro muito!

Anônimo disse...

sumiu... pena... unica forma de ter contato contigo desapareceu... :/ humpf!

Wagner Miranda disse...

Saudades, querida. Dos brownies e da poesia espelhada em seus olhos e declamada em cada sorriso, que ainda posso enxergar com os olhos da minha mente. Um abraço que alcança o outro lado do Atlântico.

Wagner Miranda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Eu estou super curioso pra saber se a dona desta Blog tem algo a ver com Cafelândia?

Laura Baggio disse...

ow...cafelandia? nao...nao sou de la! rsrs mas sou do interior!! =)